Terapia com Mandalas – Mandalaterapia – Técnica Terapêutica com Mandalas

1
4
[Total: 1    Média: 5/5]

Quem te falou que as mandalas são simples desenhos de colorir, mentiu para você, pois esses desenhos têm mudado a vida de muitas pessoas que tem feito Terapia com Mandalas e descobriam técnicas terapêuticas potentes de curas através desses desenhos.

Mas, afinal o que são mandalas?

Mandala é uma palavra da língua sânscrita que quer dizer círculo. Mandala também tem alguns significados como círculo mágico, concentração de energia ou diagrama circular. Globalmente o Mandala é o símbolo da totalidade, relação e harmonia.

O Mandala pode ser usado de diversas formas: no desenvolvimento pessoal, no desenvolvimento espiritual, na busca de uma cura, harmonização de pessoas e ambientes, rituais, magia, dança, decoração, arte, arquitetura e muitas outras formas de usar a terapia com mandalas.

Por essa razão, pode-se dizer que o Mandala ajuda a ativar, energizar, irradiar, concentrar, absorver, transformar, transmutar, curar e espiritualizar as pessoas que trabalham com elas, um ambiente que se quer fazer especial ou até mesmo para algo que se deseja alcançar.

Em algumas culturas o Mandala foi símbolo de expressão religiosa ou artística. A arte rupestre, o símbolo taoísta Taiji, do yin e yang, o calendário Maia, os yantras indianos, os Mandalas tibetanos, as rosáceas da Catedral de Chartres, são modelos de Mandalas de vários povos em diferentes épocas.

Religiosamente os Mandalas abrangeram grande expressão no budismo tibetano, como forma de oferenda, contemplação e meditação. Os monges budistas desenhavam Mandalas de areia, para depois serem oferecidas as divindades ou pintavam Mandalas na seda, as famosas Thankas tibetanas, onde a figura central é quase sempre um dos Budas, simulando passagens de suas vidas ou o caminho do discípulo para alcançar sua realização, como a Mandala dos Quatro Budas, a da Roda do Sansara e a Mandala Kalachakra.

PODER DA MANDALATERAPIA:
Conheça AQUI o Poder Libertador da Cura com Madalas. >>>>> Clique aqui para visitar o Site OFICIAL

Já na Índia têm os yantras, usados no tantrismo, que são Mandalas geométricas que representam divindades, mantras ou o caminho para a união com o Cosmo e a Iluminação. O yantra mais conhecido é o mandala Sri Yantra, misturado com diversos triângulos.

Os Mandalas, também, fizeram parte da expressão artística cristã dos séculos XVI, XVII e XVIII, como também dos escritos herméticos, da alquimia e da cabala. O Mandala cabalístico da Árvore da Vida; o Mandala alquímico, A Conjunção; a grande rosácea da Catedral de Chartres; a cúpula do átrio da Basílica de São Marco; A Gênese são Mandalas desses períodos e mostram como elas são especiais, poderosas, misteriosas e mágicas pelo que emanam às pessoas que visitam, contemplam ou meditam nesses lugares.

Os Mandalas também são usados em artes plásticas como pinturas, esculturas, porcelanas e ainda em projetos de arquitetura, como os templos, pagodes, catedrais, e de modo recente em modernas construções.

Remover termo: Terapia com Mandalas Terapia com Mandalas online

Na área de terapia foi Jung quem trouxe os Mandalas para os consultórios. Jung pintou seu primeiro Mandala em 1916. Desde então costumava desenhar Mandalas todas as manhãs. Seus primeiros desenhos eram somente desenhos circulares e ele não compreendia seus significados. Porém, dois anos depois observou que havia um padrão em suas Mandalas e caso estivesse em conflito desenhava uma Mandala alterada.

Atualmente a Mandala é usada na psicologia junguiana e transpessoal e por terapeutas que trabalham com desenvolvimento de pessoas.

Como Começa a Terapia com Mandalas?

O Mandala trabalha em alguns aspectos como: físico, emocional e energético. No aspecto físico promove bem-estar, relaxamento e previne o estresse. Emocionalmente, os Mandalas pessoais podem trabalhar conteúdos oriundos de emoções antigas, atuais ou futuras, pois o trabalho com Mandalas sinaliza eventos que aconteceram, os que estão acontecendo e os quer estão para ocorrer. Energeticamente o Mandala equilibra os corpos sutis e suas energias peculiares.

Quando você desenha Mandalas pessoais, terapeuticamente falando, é comum surgir memórias passadas que são colocadas no desenho sob forma de impressões sutis, que só será percebida por quem souber fazer a leitura das impressões sinalizadas pelo inconsciente de quem está desenhando. A leitura dessas impressões se faz por meio do traço, da forma, das cores, dos símbolos, das marcas e vários outros aspectos que podem surgir quando se faz um Mandala pessoal.

Qualquer pessoa pode se trabalhar com Mandalas, tanto com a ajuda de um terapeuta, ou sozinha. Se optar por trabalhar sozinha, a pessoa pode colorir Mandalas ou desenhar Mandalas pessoais, geométricas ou mistas. Também, pode meditar com um Mandala que lhe seja atraente ou que o instigue alguma coisa. É um trabalho simples, mas ao mesmo tempo profundo, pois os Mandalas colocarão, de forma sutil, no lugar certo, aquilo que se encontrava fora de lugar.

Quanto a isso, Jung diz: “o mandala possui uma eficácia dupla: conservar a ordem psíquica se ela já existe; restabelecê-la, se desapareceu. Nesse último caso, exerce uma função estimulante e criadora”. Trabalhar com Mandalas promove relaxamento psicofísico pelo ato de desenhar, pela contemplação, e pela meditação que o próprio fazer proporciona. Ainda, desenvolve centramento, atenção, concentração, percepção e a intuição. Também, é um ótimo instrumento para ativar sonhos especiais ou fazer quem não se lembra deles começar a lembrá-los.

O Mandala, ainda, ativa, energiza e irradia, aquilo a que se propõe, podendo harmonizar ambientes físico ou pessoas que estejam carregados negativamente ou com uma aura de sofrimento e tristeza. Ainda energeticamente o Mandala pode levar a pessoa a contatos com dimensões superiores e ao encontro de um caminho espiritual. Por isso o Mandala foi e ainda é muito utilizado na meditação e para o desenvolvimento e ampliação da consciência.

Como posso fazer uma Mandala?

Pode-se colorir, completar ou inventar. O colorido da Mandala pode ser realizado por todo mundo, crianças ou adultos que saibam ou não desenhar. Colorir é fácil, basta preencher com cores os diferentes elementos geométricos. Cada um escolhe as cores, a intensidade da cor e seu material de pintura (aquarela, tintas, ceras, lápis de cor, etc.) em função do seu estado de ânimo. Deixem seus filhos ou alunos pintar como quiserem. Coloque uma música de fundo suave se assim o desejar.

Ao desenhar a partir do centro para o exterior podemos abrir o coração e expandir-nos.

Ao desenhar do exterior para o centro, nos concentramos, interiorizamos e evitamos a dispersão

Deixar que a criança, ou o adulto pinte como quiser, sem intervir, sem induzir a nada. Que sigam seu coração. Em oficinas vivenciais se pode fazer mandalas grupais. Também se pode trabalhar uma mandala com intenção, pensando no Amor, na Paz ou no que desejamos aprofundar ou adquirir. Para as futuras mamães, colocar toda a nossa amorosa atenção no bebê que está para nascer enquanto colorimos a mandala, é um excelente exercício.

Ao colocar uma mandala na parede, automaticamente se harmoniza a casa ou a sala de aula.

Toda a atividade com mandala corresponde a um trabalho interior. É meditação e oferenda. O efeito, ao trabalhar com a mandala, ao percorrê-la, contemplá-la, colori-la é também iniciar uma vigem para seu próprio centro, seu coração. Permite conectar com seu próprio ser interior divino. Da mesma forma podemos trabalhar os labirintos, os padrões universais, a geometria sagrada ou simplesmente o desenho livre.

As rodas e danças circulares são mandalas vivenciais que nos conectam com muita força ao nosso interior, ajudando-nos de maneira muito eficaz a conhecer-nos melhor, ao mesmo tempo em que criamos uma energia de grupo harmônica, prazerosa e solidária.

Os benefícios da Terapia com mandalas são muitos:

  • Permite um trabalho de meditação ativa.
  • Nos conecta com nossa essência.
  • Proporciona fluidez com o mundo exterior.
  • Ajuda a expandir nossa consciência.
  • Desenvolve a paciência.
  • Aumenta a intuição.
  • Eleva a Autoestima e auto aceitação.
  • Cura física, emocional e psiquicamente.
  • Recobra o equilíbrio e permite recentrar-se.
  • Nos provê de intuição criativa, sossego, harmonia e calma interna.

As formas de Mandalas e seus significados

  •  As mandalas não são simples desenhos de cores. Todos os elementos que neles se integram têm um significado. Por exemplo:
  • Os círculos representam o movimento, o absoluto, a síntese, o verdadeiro eu.
  • Os corações representam o sol, o amor, a felicidade, a alegria, o sentimento de união.
  • As cruzes representam a união do céu com a terra, a vida e a morte, o consciente e inconsciente.
  • Os quadrados representam os processos da natureza, a terra, a estabilidade, o equilíbrio.
  • As estrelas representam os símbolos do espiritual, a liberdade, a elevação.
  • As espirais representam vitalidade, as energias curativas, a busca constante da totalidade.
  • Os hexágonos representam união dos contrários.
  • O labirinto representa a busca do próprio centro.
  • As borboletas representam a auto-renovação da alma, morte e transformação.
  • Os pentágonos representam a silhueta do corpo humano, terra, água, fogo.
  • Os retângulos representam a estabilidade, o rendimento do intelecto e a vida terrena.
  • Os triângulos representam a água, o inconsciente (quando a ponta esta para baixo, vitalidade, transformação (para cima), agressão para consigo mesmo (para o centro).

O que as cores da mandala transmitem?

  • Branco: o nada, o Tao, pureza, iluminação, perfeição.
  • Negro: Morte, limitação pessoal, mistério, renascimento, consciência galáctica, coragem.
  • Cinza: neutralidade, indecisão, renovação.
  • Vermelho: masculino, sensualidade, amor, enraizamento, paixão.
  • Azul: tranqüilidade, paz, felicidade, satisfação, fluidez.
  • Amarelo: sol, luz, jovialidade, simpatia, receptividade.
  • Laranja: energia, dinamismo, ambição, valor.
  • Rosa: aspectos femininos e infantis, doçura, altruísmo.
  • Lilás: amor ao próximo, idealismo e sabedoria, transformação.
  • Verde: natureza, equilíbrio, crescimento, esperança, cura.
  • Violeta: música, magia, espiritualidade, transformação, inspiração.
  • Dourado: sabedoria, claridade, lucidez, vitalidade.
  • Prateado: capacidades extra-sensórias, emoções flutuantes, bem estar.

São inúmeros os benéficos que a Terapia com Mandalas fazem para nossa vida, e foi pensando nisso que a Virgínia Fernandes, Psicanalista e professora da prática psicanalítica. Nos últimos anos ministra cursos e workshop sobre Mandalaterapia, propiciando o acesso a esse conhecimento para pessoas que desejam utilizar mandalas como uma ferramenta de autoconhecimento e cura psíquica.

Elaborou o curso Mandalaterapia que é uma introdução ao universo da técnica terapêutica com mandalas, e tem como base o trabalho de Carl Gustav Jung.

O curso de Mandalaterapia está dividido em 2 Módulos:

O Módulo I com 19 aulas e + de 3 horas de conteúdo

Objetivos:

  • Conhecer a base teórica de Carl Gustav Jung para o trabalho com mandalas terapêuticas;
  • Identificar os elementos de uma mandala;
  • Conhecer os usos e efeitos terapêuticos de mandalas;
  • Aprender a fazer uma análise inicial dos elementos em mandalas;
  • Conhecer os cuidados necessários para sua utilização.

Ao final do módulo você será capaz de identificar e interpretar os elementos essenciais de uma mandala, aprendendo a utilizá-la como uma ferramenta para o autoconhecimento.

O Módulo II com 23 aulas e + de 3 horas de conteúdo

Objetivos:

  • Compreender os processos inconscientes que se expressam por meio das mandalas;
  • Conhecer os significados dos principais símbolos encontrados em mandalas terapêuticas;
  • Identificar e interpretar o simbolismo dos elementos de uma mandala.

Ao final do módulo você será capaz de reconhecer a simbologia presente no trabalho com mandalas terapêuticas por meio do conhecimento de símbolos, cores, formas e números em mandalas.

INSCREVA-SE AGORA E ACESSE O CURSO COMPLETO

Você ganha também:

  • CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO
  • APOSTILAS
  • CONCORRA A ANÁLISE DE SUA MANDALA PESSOAL
  • E-BOOK EXCLUSIVO COM LINDAS MANDALAS

Veja as VANTAGENS do Curso de Terapia com Mandalas:

O curso online foi elaborado de forma a atender a diversidade dos alunos.

As aulas foram estruturadas em vídeo, slides, textos apresentando as informações de forma clara e objetiva.

Foram elaborados testes e exercícios com o objetivo de propiciar uma maior assimilação do conteúdo do curso.

O curso também disponibiliza material para estudo em formato de apostila contendo os principais conceitos abordados.

Você poderá enviar suas dúvidas e comentários diretamente na plataforma do curso ou, se preferir, entrar em contato diretamente com a professora do curso por e-mail.

Faça já sua matrícula e inicie agora sua viagem pelo universo das mandalas terapêuticas.

 


loading...

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here