Como Acabar Com Mau Hálito da Boca Definitivamente

Hoje em dia ter mau hálito ou halitose não é algo incomum, muitas pessoas sofrem com esse problema. Algumas pessoas conseguem acabar com mau hálito da boca somente com o uso de uma boa escova de dentes, fio dental e bochechos com mais frequência para remover a sujeira que fica na boca, nos dentes e na língua.

Para uns, uma limpeza profissional para remoção do tártaro, que é uma placa endurecida entre os dentes, será imprescindível. Ou ainda você vai descobrir aqui neste artigo que as cáries e doenças da gengiva podem ser a raiz de seus problemas com o mau hálito.

seta-laranja

Essa bolinha fedorenta parece queijo, mas causa mau hálito também.

Para entendermos melhor como resolver esse problema, vamos ver primeiro o que é o mau hálito, suas causas e consequências.

Como Acabar com Mau Hálito da Boca: Causas, Tratamentos e Consequências.

Não fique preocupado se você já fez de tudo para se livrar desse problema e não teve nenhum resultado, aqui você vai ver que é possível se livrar sim, o mau hálito ou halitose não é uma doença e sim, um sintoma de que alguma coisa no seu organismo não está em equilíbrio, que precisa ser identificado e começar o tratamento.

O nome Halitose é um termo médico para mencionar o mau hálito que deriva do latim Halitus que tem o significado de: ar expirado.

Como é a origem do mau hálito e suas causas principais

Já foram feitas várias pesquisas sobre este tema e dentre os estudos mais recentes, foi descoberto que as origens do mau hálito podem ser:

  • De Origem BUCAL (de 92,7 a 96,2 % dos casos)
  • De Origem EXTRABUCAL (de 3,8 a 7,3 % dos casos)

As de origem extrabucal, são as consideradas de origem das vias aéreas superiores e das de origem metabólica, vindas de dentro do organismo.

São várias as causas do mau hálito conhecidas hoje em dia, já somam cerca de 90 no total e para elas, os maiores problemas estão dentro da boca. Dentre todas as causas, temos algumas mais importantes e mais comuns originadas na cavidade bucal, a saburra lingual e as doenças de gengiva (gengivite e periodontite).

Para as causas de mau hálito de origem nas vias aéreas superiores, os principais causadores dos problemas são os cáseos amigdalianos, e de origem sistêmica ou metabólica, temos o jejum feito por muito tempo, também pode ocorrer mau hálito com a ingestão de alimentos odoríferos (que alteram o hálito), o diabetes não compensado, a hipoglicemia e as alterações hepáticas, renais e intestinais vem como causas principais.

A gente já ouve falar a muito tempo sobre esse tema, mas chegou a hora de acabar com esse mito, o MAU HÁLITO não vem do estômago, sendo ele o principal responsável pela alteração do odor do hálito, há exceções raras como casos de Diverticulose Esofágica  (especialmente o divertículo de Zencker) ou devido aos arrotos ou refluxo gastroesofágico, no entanto nestes casos a alteração do hálito é passageira e o seu odor não é o característico cheiro de enxofre presente na halitose crônica e sim um odor ácido.

Para os casos de saburra lingual, doenças da gengiva (gengivite e periodontite) e os cáseos amigdalianos estes, estão presentes em cerca de 99% das alterações do hálito de origem bucal, pois ainda que estes últimos tenham com causa de halitose vindo das vias aéreas superiores, a alteração do odor no hálito se manifesta pelo meio do ar expirado pela boca, pois as amígdalas se localizam à porta da cavidade bucal, na orofaringe.

As doenças de gengiva são a segunda causa mais comum para o mau hálito, bem como várias outras causas de alteração do hálito de origem bucal, estes problemas podem ser facilmente identificados e tratados por um cirurgião dentista de sua confiança e encaminhadas para tratamento mais complexos, para casos críticos.

Conheça a seguir com mais detalhes sobre saburra lingual e cáseos amigdalianos, que estão entre a 1ª e 3ª causa mais frequente para os casos de mau hálito:

Saburra lingual

A saburra lingual, é uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada situada no fundo da língua. Se forma basicamente com a diminuição da produção da saliva ou com uma descamação de pele que se desprendem dos lábios e bochechas acima dos padrões normais.

Para os cáseos amigdalianos que são como “massinhas” que se formam em pequenas cavidades nas amígdalas. A composição dos cáseos amigdalianos são semelhantes aos da saburra lingual e são formados do mesmo jeito, ou seja, pela descamação epitelial ou a redução da saliva. Ele ainda pode ser expelido quando se fala, tosse ou nos espirros.

Os cáseos amigdalianos é uma massa viscosa e seu nome vem do latim “caseum”, que significa queijo, parecido assim com uma pequena “bolinha de queijo” com odor extremamente forte e desagradável.

Há várias causas para aumentar a descamação de células, a principal causa indireta da halitose bucal, dentre elas está o ressecamento provocado pela respiração bucal, pelo ronco, pela ingestão frequente de bebidas alcoólicas ou até mesmo pelo uso de enxaguatório com álcool, cremes dentais que contenham lauril sulfato de sódio, o uso de aparelho ortodôntico e o hábito de ficar mordendo os lábios, as bochechas e os dedos, estão entre outras causas.

seta-laranja

Não Perca Sua Vaga de Emprego Ou Namorado(a) por causa do mau halito

A diminuição da saliva é outra causa indireta importante que provoca o mau hálito, acontece principalmente pelo estresse exagerado, pelo uso de medicamento que diminuem a produção de saliva que tem efeito colateral e pelas doenças autoimunes. Essa diminuição na quantidade da saliva favorece a formação da saburra lingual e os cáseos amigdalianos.

Para ficar mais informado sobre estas importantes causas dado mau hálito que citei acima, veja os artigos que separei abaixo com informações mais detalhadas sobre a saburra lingual e sobre os caseos amigdalianos, dentre outros problemas e saiba como acabar com mau hálito da boca de uma vez por todas, veja como controlar e conheça os tratamentos:

Essa Receita Caseira também ajuda no controle do mau hálito da boca, veja o vídeo até final e aprenda a fazer:

Aprenda como curar o mau hálito em menos de 72 horas, e ter dentes mais fortes e saudáveis, por toda a vida!


loading...